gata vose mim da seu telefone, bo vavor?

baladinha tava fraca, ninguem afim e eu absolutamente na seca nordestina de homem!! tinha ido com duas amigas, que tinham ficante, e isso me deixava odiada. [torpedinho] "gata vo ai e guero gui vose mim da o seu televone, nam e bricadera se vose nao me de vai se aepeder. bejos gata" [risadas e jogadas de cabelo] Imaginem só, escrevendo desse jeito, jamé! Claro que se ele fosse bonitinho, eu ficaria numa boa, não antes de deixar claro pras minhas amigas que eu tinha recebido um torpedo, elas não. [cheiro do perfume kaiak, da AVON] -- Fhunnn, fhunnn... que cheiro é esse? credo... -- oi gata! (e pior que era gatinho, o desgraçado) [risinho] --Oi! -- você pode me passar seu telefone? -- ÓÓÓalha, (fingi um sotaque ridículo)booammm, meuu celulaaar eu não vou dar pra vocêaaaah. Quem você peannsa que eu souu, acha que éah só chegarrr e pediah meu celular e eu já vou te dandooaah?? -- Gata, eu to pedindo cum educação. [cheiro irritante! Ele tem que tomar uma boa ducha antes, senão, jamé! Argh!] [as meninas foram dançar] -- Vocêaaah achaa que é só assim, heinnn, chega com educaçãooo, e eu ja vou te dar o celularr... -- ME DÁ LOGO A PORRA DO CELULAR, SUA VADIA!!!! [E levou meu NOKIA ZT8766, novinho, eu tinha comprado na promoção de outubro e até hoje não terminei de pagar]

Um comentário:

  1. ri litros aki em casa..
    gostei muito do seu blog!
    parabens..

    ResponderExcluir